segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

ESA na Dinamarca - Professores da ESA estiveram em Esbjerg, na Dinamarca, no âmbito dos projetos Erasmus+


 Os professores Laura Pinheiro e Pedro Carvalho da Escola Secundária de Amarante estiveram em Esbjerg, na Dinamarca, de vinte e nove de novembro a dois de dezembro, para representarem Portugal no projeto internacional Erasmus+ Measuring With Maths. Trata-se de um projeto de parcerias estratégicas envolvendo cinco escolas oriundas de quatro países europeus, a saber Espanha, Irlanda, Dinamarca e Portugal, tendo como objetivos principais a partilha de boas práticas no âmbito das metodologias usadas no ensino da matemática e consequente melhoria nos resultados dos alunos nesta disciplina. Na Escola Secundária de Amarante este projeto envolverá vários docentes e cinco turmas, duas de sétimo ano (7º A e 7º B) e três de décimo ano (10º CT3, 10º CT4 e 10º CLH2).
 Os professores estiveram presentes em várias reuniões de trabalho, com mais catorze docentes representantes dos outros países parceiros. Nestas reuniões delinearam-se as estratégias e atividades a desenvolver nos próximos dois anos letivos, duração estimada para o projeto.
 Os docentes visitaram as instalações de duas escolas dinamarquesas: Hjerting Skole e Bryndum Skole, onde puderam recolher informações sobre o sistema de ensino dinamarquês e assistir a aulas ministradas por colegas do país anfitrião.
 Tratou-se, por conseguinte, de uma experiência muito enriquecedora, e também de uma boa oportunidade para revelar as boas práticas da Escola Secundária de Amarante e dar a conhecer os encantos da nossa cidade. De referir que este projeto está incluído no plano de desenvolvimento europeu desta instituição de ensino.


sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Escola Secundária de Amarante internacionaliza-se

 A Escola Secundária de Amarante apresentou uma candidatura no âmbito dos projetos Erasmus+, Ação Chave 1, mobilidade individual para fins de aprendizagem, que foi aprovada e financiada.
 Das cento e quarenta e seis candidaturas apresentadas a nível nacional, apenas trinta e seis receberam financiamento, tendo o projeto da ESA ficado na vigésima segunda posição. O projeto denominado “Nice Teaching to Nice Learning: New Intervention with Creative Education”, tem a duração de doze meses, de 1 de junho 2016 a 31 de maio de 2017, e conta como responsável o Diretor deste estabelecimento de ensino, Fernando Fernandes Sampaio e como coordenadora a docente Laura Pinheiro.
 O projeto vai permitir doze mobilidades: dez professores de todos os departamentos curriculares irão frequentar cursos estruturados em diferentes países europeus como França, Inglaterra, Irlanda, Grécia, País de Gales e Noruega e dois docentes participarão numa atividade de jobshadowing em Itália. Estes dois professores visitarão a Escola Secundária Leonardo Da Vinci em Pisa para se inteirarem sobre diversos projetos inovadores desenvolvidos nessa escola e sobre o sistema de ensino italiano.
 Os diferentes professores receberam formação em língua inglesa e língua francesa para tornar a sua participação mais profícua. Este projeto tem como objetivos principais o desenvolvimento das competências digitais do corpo docente e o contacto com professores de toda a União Europeia para partilha de saberes / boas práticas e possível criação de parcerias e de projetos internacionais.

segunda-feira, 17 de julho de 2017

Ana Filipa Gomes Ferreira, do 12º CT4, venceu a V Edição do Concurso Literário “A Ética na Vida e no Desporto” e ganha uma viagem à Grécia

 O concurso “A Ética na Vida e no Desporto” é promovido pelo Instituto Português do Desporto e Juventude, através do Plano Nacional de Ética no Desporto, com o apoio do Jornal Desportivo “A Bola”, a Direção-Geral da Educação/Desporto Escolar, a Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais e o Comité Olímpico de Portugal.
 A participação da aluna neste concurso enquadra-se num conjunto de atividades promovidas pelo Departamento de Educação Física, pela Biblioteca Escolar e pelo docente de Português da jovem, que culminou com a realização de uma palestra pelo jogador de futebol Tarantini (Ricardo Vaz), antigo aluno desta instituição. 
 Para além de ver o seu texto, intitulado “Autogolo”, publicado no jornal ”A Bola” (www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=682433), ganha uma viagem para duas pessoas à Grécia, que inclui visita à Academia Olímpica Internacional, e um diploma com o design da primeira página do referido jornal desportivo. 
 A Escola Secundária congratula-se com esta vitória e felicita a aluna, acrescentando que o texto vencedor será divulgado no blogue da Biblioteca Escolar, “Ler Porque Sim”, depois de publicado no jornal “A Bola”.

segunda-feira, 5 de junho de 2017

Tomada de posse do Diretor da Escola Secundária de Amarante para o quadriénio 2017/2021

 Decorreu, no dia 29 de maio, pelas 18:30, no Grande Auditório da Escola Secundária de Amarante, a cerimónia de tomada de posse do Diretor, Engenheiro Fernando Fernandes de Sampaio.
 Numa reunião do Conselho Geral, que excecionalmente foi aberta à comunidade escolar, bem como aos representantes de diversos órgãos e instituições amarantinas, a Professora Julieta Freitas conferiu posse ao Engenheiro Fernando Sampaio para o próximo quadriénio. Na cerimónia, destacou-se a participação de diversos alunos, que intervieram através de música, canto e declamação, em diferentes momentos desta sessão. Uma vez relembrado o percurso académico e profissional do Diretor, os membros da mesa, Professora Julieta Freitas, Engenheiro Fernando Sampaio e Doutor José Luís Gaspar, dirigiram-se à assembleia, referindo-se ao percurso já realizado e às expectativas para o futuro. A Professora Julieta Freitas e o Doutor José Luís Gaspar congratularam o Diretor pelo seu contributo que, ao longo de mais de três décadas, permitiu fazer da Escola Secundária de Amarante uma instituição de referência nesta região. O Diretor assegurou que, neste último mandato, continuará determinado em manter esta escola num patamar de excelência; destacou, também, o facto de, mais uma vez, no próximo ano letivo, a Escola se afirmar como uma instituição de vanguarda, já que aderiu ao projeto-piloto de flexibilização curricular.
 A cerimónia terminou com a atuação da Tuna Académica da Faculdade de Economia do Porto à qual se seguiu um verde de honra.

(clicar na imagem em baixo para visualizar todas as fotos)

Projeto: “A cantina é a minha escolha”

 A alimentação saudável é um dos fatores do estilo de vida que mais influência tem na saúde, bem-estar e qualidade de vida da população, sendo por isso um grande desafio a nível de políticas de saúde.
 Perante o aumento dos casos de excesso de peso e obesidade nos últimos anos e consequente aumento dos casos de doença crónica associada, a aquisição de estilos de vida saudáveis desde a infância assume, cada vez mais, uma relevância extrema. Neste sentido, as escolas assumem um papel determinante e privilegiado para a promoção da saúde, pois é aí que as crianças/jovens passam muitas horas, sendo portanto o local onde ingerem uma parte significativa das refeições diárias. No entanto, não basta capacitar os jovens para a tomada de decisões saudáveis no momento da escolha e consumo de alimentos, é também importante que o ambiente que os rodeia seja facilitador dessa tomada de decisão. 
 Neste contexto, o projeto “A cantina é a minha escolha” é uma intervenção que está a ser realizada na Escola Secundária de Amarante e tem como objetivo a promoção do refeitório escolar como lugar primordial para a realização das refeições, por parte da comunidade escolar. O interesse em trabalhar esta temática partiu da necessidade de implementar estratégias que aumentem a adesão da utilização da cantina escolar, promovendo uma melhoria dos hábitos alimentares.
 Este projeto exige esforço e empenho de toda a comunidade escolar e no âmbito do mesmo foi realizada uma atividade no Dia Mundial da Hipertensão, 17 de maio. Esta atividade contou com a colaboração de professores, alunos do curso Técnico-profissional de Restauração: Restaurante/bar, profissionais da cantina escolar e profissionais de saúde do ACES Tâmega I Baixo Tâmega.
 Pretendia-se que os alunos e comunidade escolar fossem sensibilizados para a redução do consumo de sal, para o aumento do consumo de hortofrutícolas e para a importância da ingestão hídrica. Neste sentido, de forma a apelar o consumo, os hortofrutícolas e a água foram disponibilizados com uma apresentação diferente, criaram-se as mesas das saladas, das frutas e das bebidas. Os alunos do curso Restaurante/bar laminaram e fizeram espetadas de fruta que fizeram as delícias de todos os que frequentaram a cantina neste dia, preparam os hortícolas para as saladas a partir dos quais cada aluno criou a sua própria salada e temperou a gosto, sem recurso a sal, salientando-se que a ausência do mesmo não foi notada. As águas foram aromatizadas com limão, canela, hortelã e gengibre e foi também disponibilizado sumo natural de melancia. Junto de casa mesa foi colocado um flyer com as vantagens nutricionais dos alimentos disponibilizados.
 A atividade teve um impacto bastante positivo, pois foi demonstrado grande interesse e motivação por todos os intervenientes na atividade, nomeadamente os alunos do curso técnico profissional, mas também porque foi cumprido o objetivo da mesma, pela grande adesão e consumo aumentado de frutas, saladas e água pela comunidade escolar que frequentou a cantina neste dia.

Semana Interescolas

 Dando cumprimento ao seu Plano Anual de Atividades, este ano a Escola Secundária de Amarante organizou a já habitual "Semana das Ciências" de uma forma um pouco diferente dos anos anteriores.
 Nos dias 27 e 28 de abril a Escola abriu as suas portas aos alunos a frequentar o 9º ano nas escolas dos agrupamentos de Amarante, convidando-os a visitar os diferentes espaços escolares: biblioteca, laboratórios de ciências experimentais e de tecnologias, oficinas de artes, de eletricidade, energias renováveis e mecânica, com o objetivo de apreciarem alguns trabalhos realizados pelos nossos alunos no âmbito das diferentes áreas disciplinares, subordinados ao tema Património e Identidade, nas suas múltiplas dimensões. 
 Terminaram a sua visita no grande auditório com a visualização de uma curta-metragem, no âmbito do Plano Nacional de Cinema.

 Reportagem da Rio Tv:





terça-feira, 4 de abril de 2017

Projeto Jovens Empreendedores: workshop de preparação do “Desafio Limonada”


 No âmbito do projeto jovens empreendedores – construir o futuro, decorreu no dia 3 de abril, na biblioteca da escola, o workshop de preparação do “Desafio Limonada”.
 O objetivo deste workshop, dinamizado por Filipe Oliveira, coordenador do projeto, foi explicar aos alunos que estarão envolvidos no “Desafio Limonada”, a realizar no próximo dia 3 de maio, os objetivos e o regulamento da atividade, tendo estado envolvidos alunos das turmas 10PTC e 11PTC.

sexta-feira, 24 de março de 2017

ESA no projeto DECOJovem e concurso Sitestar


 O projeto DECOJovem é um projeto de educação do consumidor promovido pela DECO, dirigido às escolas.
 Sendo a nossa escola, uma das escolas aderentes, tem a possibilidade de desenvolver atividades e projetos na área do consumo, de acordo com o curriculum escolar e dos diferentes níveis de ensino e cujo objetivo seja o de promover a formação de crianças e jovens esclarecidos, críticos e responsáveis nos seus atos de consumo.
 As escolas DECOJovem têm como objetivos:
  • Promover a educação do consumidor na sua comunidade educativa, contribuindo para o reforço das competências enquanto consumidores informados, conscientes e confiantes.
  • Potenciar e estimular o desenvolvimento de projetos educativos e atividades que reforcem a educação do consumidor na escola e na comunidade.
  • Reforçar a formação de cidadãos solidários, participativos e empenhados na construção de uma sociedade mais responsável, criteriosa, inclusiva e sustentável.

 No seguimento destes objetivos, a ESA participou com cerca de 40 alunos no projeto/concurso chamado Sitestar, sendo que 21 alunos distribuídos por 7 grupos passaram à 2ª fase do concurso. 
 Este projeto pretende divulgar conteúdos relevantes nas áreas da ciência e do conhecimento, da inclusão social, das expressões artísticas e do desporto e a publicá-los de forma criativa e inovadora.  É, igualmente, objetivo deste concurso dar oportunidade às escolas de promover a criação de jornais digitais, para divulgação de atividades realizadas em âmbito escolar.
 O concurso Sitestar.pt pretende que os jovens participantes respeitem a responsabilidade intelectual e legal dos seus trabalhos, cumprindo regras de segurança, privacidade, direitos conexos e propriedade. 
 Assim, para atingir estes objetivos, foi organizada uma palestra sobre estes temas para todos os alunos que participaram no concurso Sitestar, envolvendo o 12º PTGEI e os alunos do 12º regular que têm a disciplina de Aplicações Informáticas B como opção.
 Esta palestra decorreu no dia 3 de março e teve como palestrante a Dr.ª Joana Simões da DECO, que utilizou uma dinâmica através da qual os alunos, com acesso à internet, responderam a algumas questões a partir do seu smartphone. Com base nas respostas dos alunos, foram abordados temas relacionados com a segurança na internet, participação responsável na web, direitos conexos e propriedade, responsabilidade intelectual e legal dos trabalhos.
 Os alunos tiveram uma postura exemplar, participando ativamente na sessão.

domingo, 29 de janeiro de 2017

Projeto Jovens Empreendedores: workshop “Desenha a tua ideia”

 No âmbito de mais uma edição do projeto jovens empreendedores – construir o futuro, decorreu no dia 17 de janeiro, na biblioteca da escola, o workshop “Desenha a tua ideia”.
 O objetivo deste workshop, dinamizado por Filipe Oliveira, coordenador da Jump Box, foi trabalhar de forma criativa e colaborativa a criação de ideias, incluindo princípios básicos para a geração e seleção de ideias e várias etapas para trabalhar em grupo.
 Estiveram envolvidos neste workshop alunos de todas as turmas do 3º ano dos cursos profissionais, que participaram ativamente nas atividades propostas.
 As atividades do projeto jovens empreendedores – construir o futuro, que já vai na sua 5ª edição, irão continuar a decorrer ao longo do ano letivo.

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Dia do Diploma

 Celebrou-se, na nossa escola, no dia 26 de novembro, pelas 21:30 horas, o “Dia do Diploma”, que contou com a presença de cerca de 300 pessoas.
 A cerimónia teve início com a distinção das melhores turmas do ano anterior, apuradas de acordo com as regras do concurso “A Melhor Turma do Curso”. De seguida, foram entregues os diplomas aos alunos que, no ano letivo 2015/2016, concluíram o nível secundário de educação. Também os adultos que, através do Centro para a Qualificação e o Ensino Profissional, viram certificados o nível básico ou secundário receberam os seus diplomas.
 Num segundo momento, foram distinguidos os alunos merecedores de prémios de mérito e de honra pelo seu desempenho a nível académico e social. Estes jovens, para além de terem sido distinguidos com diplomas que atestam a excelência do seu trabalho, receberam também uma peça escultórica oferecida pela Escola e um prémio da Câmara Municipal. Por fim, foram distinguidos os dois melhores alunos do ano anterior, no ensino secundário, um dos cursos científico-humanísticos e outro dos cursos profissionais. Estes últimos, para além de um diploma, foram também contemplados com uma oferta da Associação de Pais e Encarregados de Educação da nossa Escola.
 A cerimónia teve, ainda, vários momentos musicais e de dança, com atuações de alunos do ensino secundário.
 Esta noite de festejos encerrou com um convívio onde alunos, encarregados de educação e professores puderam partilharam conversas e algumas recordações, já que a grande maioria destes jovens frequenta agora o ensino superior ou ingressou no mundo do trabalho.

Campanha de recolha de alimentos – Cabazes de Natal

 A associação de pais da Escola Secundária de Amarante organizou uma campanha solidária natalícia de recolha de alimentos. Esta campanha foi realizada na superfície comercial de Amarante “Intermarché” nos dias 19 e 20 de Novembro, através do contributo de bens alimentares dos alunos da ESA durante o mês de dezembro.
 Foram dadas provas de generosidade e comprometimento por parte de toda a população amarantina que colaborou nesta campanha, tendo sido recolhidos aproximadamente 600 kg de bens alimentares.
 Foram constituídos e distribuídos cabazes de alimentos a 36 famílias com insuficiência económica sinalizadas pela ESA. 
 A distribuição dos mesmos decorreu no dia 17 de dezembro, efetuada pelos elementos da associação de pais e com a colaboração da Câmara Municipal de Amarante na cedência de transporte.
 O sucesso desta campanha teve o apoio de entidades públicas e privadas, que reuniram esforços no sentido de colmatar necessidades identificadas pela comunidade escolar, pelo que a associação de pais agradece a solidariedade demonstrada a todos que direta ou indiretamente colaboraram na dinamização desta atividade.


sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Feira de outono na Escola Secundária de Amarante


 No dia 12 de dezembro, pelas 8:30 horas, os alunos de 10º ano e 11º ano, no âmbito das disciplinas de Geografia, E.M.R.C. e Clube da Europa, realizaram uma “feira de outono”.
 A atividade descrita teve como objetivo promover conceitos como a Agricultura Biológica e Horta Familiar, explicando assim os seus impactos nos diversos níveis, sendo estes sociais, económicos e ambientais.
 A realização desta “feira de outono” teve como ponto fulcral a ajuda (privada) ao desenvolvimento, isto é, a mudança benéfica de alguém, ou de algo em situações críticas. Como forma de ajuda, a Escola Secundária de Amarante contribuiu para essa mudança, realizando esta feira para ajudar o projeto “Há ir e voltar”, revertendo a totalidade do dinheiro das vendas desta mesma feira para este projeto. 
 O projeto “Há ir e voltar”, realizado pela amarantina Diana Vasconcelos, tem como objetivo proporcionar um ambiente com mais incidência para o ensino, mais favorável para a sobrevivência (Quénia).
 A Escola Secundária de Amarante já está a ajudar neste projeto, com a dinamização de atividades que proporcionam um ambiente para além de solidário, também enriquecedor para os níveis já referidos (sociais, económicos e ambientais).

 Agora é a tua vez!


quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Apresentação do livro “Tia Guida”, de André Fernandes, na Escola Secundária de Amarante


 Promovido pela Biblioteca Escolar e pelo Projeto de Educação para a Saúde (no contexto da promoção da saúde mental dos jovens em contacto com a doença), decorreu, no dia 24 de novembro, um encontro com o jovem autor André Fernandes. Ao longo de duas sessões intimistas que contaram com a participação de seis turmas do ensino secundário, entre as quais duas eram do Curso Profissional Técnico de Auxiliar de Saúde, o autor, num discurso cuja tónica foi sempre o Amor, falou da sua primeira experiência próxima com a doença – cancro – e com a perda física de um ser querido.


 O tema poderia levar a crer que a abordagem seria árdua, junto de um público tão jovem. Pelo contrário! Extremamente comunicativo e num discurso que facilmente cativa quem o ouve, André Fernandes deixou uma mensagem clara: perante a doença, a única opção é o Amor, sublinhando que, sem escamotear a dureza da situação, esta experiência, na sua perspetiva, nunca é vã. No seu caso particular, ela deu origem a este livro, “Tia Guida”, através do qual, ao partilhar o que viveu, pretende ajudar quem experimentou, experimenta ou poderá experimentar algo semelhante, ficando claro que o Amor sobrevive sempre.
 Nestas sessões, André Fernandes referiu-se também ao seu novo livro, “25+ - A vida é uma escola”, de grande interesse para o público jovem, pelas experiências que partilha.

sexta-feira, 7 de outubro de 2016

Aluno da ESA dá salto de marsupial


 O aluno Paulo Peixoto, atualmente no 10.º CT1, conquistou, no final do ano letivo anterior, o 17.º lugar na categoria Cadete, que contou com 4952 participantes a nível nacional, no Concurso Canguru Matemático.
 A organização deste concurso esteve a cargo do Departamento de Matemática da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, com o apoio da Sociedade Portuguesa de Matemática. A atividade, que foi dinamizada na escola pela professora Margarida Moreira, enquanto membro da equipa da Biblioteca Escolar, e pelo grupo disciplinar de Matemática, coordenado pelo professor António Cardoso, contou com a participação de 61 alunos, nas diversas categorias existentes.
 A entrega do prémio e do certificado de classificação no concurso realizou-se no dia 6 de outubro, pelas 9:20 horas, enquadrando-se nas atividades do Mês Internacional da Biblioteca Escolar.


 Todos os alunos que participaram no Canguru podem aceder aos resultados e imprimir os certificados de participação/classificação a nível nacional e a nível de escola, acendendo à página eletrónica http://www.mat.uc.pt/canguru/
 A equipa da BE congratula-se com o excelente resultado!

terça-feira, 27 de setembro de 2016

Alunos da ESA vencedores da 4ª edição do Concurso Ideias de Negócio apresentaram o seu projeto em Madrid


 Os alunos Diogo Pereira e João Leite, vencedores da 4ª edição do Concurso Ideias de Negócio, incluído no Projeto Jovens Empreendedores – Construir o Futuro, organizado pela Associação Empresarial de Amarante, tiveram como prémio uma viagem a Madrid, onde tiveram oportunidade de apresentar o seu projeto vencedor (Safe Trator).


 A viagem decorreu entre os dias 7 e 9 de setembro, tendo nela participado, para além dos alunos da nossa escola, os alunos vencedores dos projetos do Colégio de S. Gonçalo, Externato de Vila Meã, Escola Profissional António do Lago Cerqueira e do centro de formação CENFIM, assim como professores destas instituições de ensino e representantes da Associação Empresarial de Amarante.
 Nesta visita a Madrid os alunos tiveram oportunidade de apresentar o seu projeto na AICA (Asociación de Empresarios de Alcobendas) e de visitar a incubadora de empresas Impact Hub de Madrid. Estas visitas foram bastante interessantes, pois para além dos alunos terem ouvido opiniões por parte de empresários relativamente às suas ideias de negócio, ficaram igualmente a conhecer algumas das áreas onde os empreendedores da Impact Hub estão a apostar no momento.


 Houve ainda tempo de conhecer os principais pontos turísticos de Madrid, nomeadamente a Puerta del Sol, a Plaza Mayor, o Estádio Santiago Bernabéu, bem como visitar a histórica cidade de Toledo, em que se incluiu uma visita à International School San Patricio, nesta cidade.
 A viagem foi, a todos os níveis, um sucesso, estando todos os alunos participantes nesta 4ª edição do Projeto Jovens Empreendedores – Construir o Futuro de parabéns pelo trabalho desenvolvido ao longo do ano.
 Fica o desafio para os nossos alunos participarem na próxima edição que está prestes a iniciar-se.

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Viagem a Bruxelas – Alunos do Ensino Secundário


 Nos dias 1 e 2 de Setembro, 36 alunos do ensino secundário, representando todos os cursos e anos dos cursos científico-humanísticos e cursos profissionais da nossa escola, visitaram o Parlamento Europeu, em Bruxelas, acompanhados pelas professoras Jacinta Barros, Nazaré Andrade, Teresa Pinto e Margarida Carvalho. 
 Esta visita de estudo realizou-se a convite do eurodeputado Dr. Marinho e Pinto, tendo como objetivos:
 - dar a conhecer aos alunos o funcionamento do Parlamento Europeu;
 - explicar a importância do Parlamento Europeu, que define estratégias com implicações mundiais;
 - sensibilizar os alunos para os problemas europeus; 
 - explicar a importância da representação nacional, pois todos somos cidadãos europeus;
 - explicar a importância da União Europeia no contexto mundial.
 O grupo teve ainda a oportunidade de visitar o centro histórico da cidade de Bruxelas e apreciar a sua grande riqueza arquitetónica e cultural.
 No final da viagem, apesar do cansaço, todos os intervenientes manifestaram a sua satisfação, conforme consta nos testemunhos que alguns alunos, gentilmente, nos enviaram e que a seguir se transcrevem de uma forma aleatória. Anexa-se, também, um álbum de fotos constituído pela seleção dos intervenientes.
 De realçar que estes alunos merecem os nossos maiores parabéns. Por um lado, porque esta viagem foi um prémio pelo seu mérito académico, de acordo com os critérios previamente considerados, por outro lado, o seu comportamento e atitudes durante a viagem foram irrepreensíveis. 
 A escola está muito grata ao Dr. Marinho e Pinto por ter proporcionado esta magnífica viagem e agradece também à Câmara Municipal de Amarante, que patrocinou o transporte entre Amarante e o aeroporto de Lisboa.


 “Uma das partes que mais gostei foi a visita à sala onde se reúnem todos os eurodeputados porque não sabia como era, pelo menos nunca tinha visto ao vivo.
 Acho que foi uma visita muito produtiva e enriquecedora.
 Acho que os jovens de hoje em dia se deviam interessar um pouco mais por politica. 
 Gostei muito desta breve visita.” Agustin, 10PTMEC

 "A viagem a Bruxelas não foi só uma viagem de lazer ou entretenimento, foi, além disso, uma viagem cultural e de aprendizagens. Gostei imenso da viagem, conheci locais incríveis, os quais irão ficar na memória. Além deste conhecimento, tive também a oportunidade de conhecer pessoas novas, que também elas me marcaram ao longo da viagem. Espero que para o próximo ano, haja outra iniciativa destas, porque apesar de eu já não estar presente, irá ser, sem dúvida, um incentivo para os alunos da Escola Secundária de Amarante." Catarina Costa -12PTR

 “A viagem a Bruxelas para mim foi uma experiência ótima. Adorei esta viagem e sempre com a melhor companhia.” Pedro Carvalho - 10PTRB

 “Bruxelas surpreendeu-me bastante em certos aspetos, visto que, além de ser um imenso e infindável centro de política e negócios, possui um cunho artístico muito genuíno que se reflete na arquitetura e na estética característica das ruas, bem como na disposição da arte urbana e de todas as suas vertentes. Deste modo, é notável o ambiente cultural deste "coração da Europa" e toda a harmonia que o envolve, apaixonando-me a mim e certamente a todos os turistas que nele desejam penetrar. Foi simplesmente magnífico.” Ana Rita Félix -11CLH1

 “Eu gostei imenso da nossa viagem a Bruxelas porque foi uma oportunidade única. Adorei cada momento que lá passei uma vez que não podíamos ter sido melhor recebidos. Além disso visitei monumentos fantásticos, ruas cheias de vida e a companhia não podia ter sido melhor!” Beatriz Queirós - 10ºCLH1 

 “Gostei da catedral pois tem um estilo gótico, é usada para casamentos e cerimónias fúnebres da realeza. Deste modo, é a maior e uma das principais igrejas de Bruxelas. 
 Gostei e fotografei a imagem da Santa Gúdula, pois é uma das imagens em ouro dos padroeiros de Bruxelas, tem na mão uma lanterna, que segundo a lenda teria enganado o diabo na qual o mesmo tentou apagar. O seu dia comemora-se dia 8 de janeiro e todos os bruxelenses a veneram. 
 Achei curiosa uma situação que também retratei, uma bicicleta estacionada. Apesar não ter nada a ver com o objetivo da visita, achei esta imagem muito engraçada, pois as pessoas têm um sitio a assinalar onde estacioná-las na qual têm um banco ao seu lado para poderem descansar.” Maria José Silva - 10°PTAS

 “Eu gostei da viagem em geral mas o lugar que mais gostei de visitar foi a Grand-Place porque os edifícios tinham uma arquitetura muito específica dos belgas que é muito bela. Acho que o Parlamento Europeu também foi um lugar muito importante de visitar pois fomos esclarecidos de algumas coisas que não sabíamos acerca da política europeia. Por fim, queria agradecer a todas as professoras que nos acompanharam, que nos proporcionaram uma boa viagem e um bom ambiente entre alunos e professores.” Inês Teixeira​ -10ºCSE

 “Adorei a viagem, especialmente a Grand-Place que é um lugar estonteante, mas não só , eu posso dizer que Bruxelas é uma cidade linda, cheia de diferentes culturas e de obras arquitetónicas bastante diversificadas, desde a Grand-Place que tem um conjunto de construções medievais até lindas obras pós-modernas. Mas fiquei ainda mais estupefacto com a visita ao Parlamento Europeu onde apesar do conhecimento adquirido ainda pude ter contacto com o local onde o futuro da Europa é decidido. Resumidamente foi uma viagem espetacular que um dia certamente voltarei a repetir pois dois dias em Bruxelas é muito pouco tempo que não nos deixa dar jus a toda a sua beleza.” Nuno Rafael Teixeira de Carvalho -10CT2

 “Foi uma experiência inesquecível, apesar de ter sido muito cansativa. Penso que a parte que mais apreciei foi de facto ver a Grand Place à noite, durante aquela uma hora e meia livre dada pelas professoras. Fantástica luz aplicada nos edifícios, havendo um realce fantástico daquilo que deve ser realçado. Outro ponto delicioso foi a chegada à Basílica do Sagrado Coração do outro lado da cidade, onde eu e a Beatriz Lopes chegamos de metro. Por último quero também referir a fantástica experiência que foi visitar o Museu Real de Belas Artes. Obrigado pela oportunidade.” Luís Pereira​ 11ºCT5

 “Aquilo que mais gostei de Bruxelas foi sem dúvida a Grand-Place porque permitiu-me apreciar a beleza da arquitetura dos monumentos e relacionar muitas vezes com aquilo que aprendi em história. Posso dizer que toda a viagem foi uma experiência única e que os dois dias serviram não só para adquirir novos conhecimentos mas também para uma maior aproximação entre os alunos e professores.” Sara Ferreira - 12CLH1

 “Gostei muito da viagem a Bruxelas porque fui conhecer sítios novos e culturas diferentes. Foi uma ótima experiência poder partilhar esta viagem com os meus colegas e professores porque houve um grande companheirismo e um bom ambiente na viagem. Espero que hajam mais iniciativas destas nos próximos anos porque definitivamente valeu a pena.“ Cláudia Peixoto - 10PTC

 “Já recuperados da longa viagem que fizemos, resta agora recordar a estadia em Bruxelas. Nada melhor do que as muitas fotos que tiramos para nos ajudar a manter sempre presentes na memória estes dois dias.
 Pessoalmente, o que mais gostei em Bruxelas foi a visita que fizemos pela Grand-Place, pois a partir de lá podemos ter acesso a muitos monumentos históricos e lojas de souvenirs.
 Apesar de estar muito cansada e com sono, gostei também da visita ao Parlamento Europeu, principalmente de ouvir o Dr. Marinho e Pinto falar sobre a nossa geração e de como podemos conseguir mudar o mundo. Não gostei do almoço no Parlamento mas a minha experiência do ano anterior já fazia adivinhar que as refeições iriam ser a pior parte da viagem.” Marta Brandão - 10CT3

 “O que eu mais gostei de Bruxelas foi a aprendizagem cultural, as novas amizades e a hospitalidade dos habitantes.” Carlos Teixeira - 11PTGEI

 “Em relação ao que mais gostei da viagem digo o seguinte: foi a primeira vez que eu viajei para fora do país e também nunca tinha andado de avião. As duas experiências foram espetaculares. Estava bastante entusiasmado para andar de avião e adorei. A experiência de viajar para outro país foi ainda mais espetacular. Conhecer novos costumes. Novos lugares. Novas cidades, interagir com pessoas que falam outra língua é extraordinário e Bruxelas é uma cidade que adorei visitar e que valeu bem as horas de viagem que tivemos que fazer.
 O que realmente mais gostei foi o segundo dia. Descobrir a cidade, visitar coisas incríveis que Bruxelas tem. Adorei poder conviver com pessoas novas durante o jantar do primeiro dia e o almoço do segundo dia. Passar por coisas engraçadas em grupo dá uma alegria enorme.
 As minhas últimas palavras são: foi absolutamente inesquecível realizar esta viagem. 
 Muito obrigado às professoras que tornaram isto possível e, claro, ao senhor deputado Marinho e Pinto que foi quem nos proporcionou a viagem.” Emanuel Fonseca - 12PTGEI

 "O que mais gostei na cidade de Bruxelas foi a enorme diversidade cultural. Em apenas dois dias de estadia cruzei-me com as mais diferentes pessoas dos mais variados países, que fazem aquela cidade extremamente movimentada. Não estando habituado àquele tipo de ambiente, questiono-me como é que as diversas culturas, com toda uma quantidade de ideais, tradições, formas de ver o mundo, etc., coexistem naquela que é uma das cidades mais influentes e importantes do planeta. Tal também contribuiu para que esta viagem, embora curta, tenha sido bastante enriquecedora!" Pedro Fernandes - 12ºCT3

 “Professora, venho dizer que a viagem foi excelente. A cidade é uma pequena caixinha de surpresas, no inicio nunca percecionamos a dimensão da cidade e a beleza natural da mesma. Os monumentos eram fantásticos. Arquitetura muito bonita. A visita ao parlamento também foi muito lúdica, aprendi coisas que não fazia ideia de como funcionavam. Por fim, antes de anexar as fotos, resta dizer que foi uma experiência fantástica que irá ser relembrada durante muitos anos. Agora só nos resta as boas recordações que trazemos de lá e a esperança de um dia voltar.” Jorge Pereira - 11CSE

 “A viagem a Bruxelas proporcionou a todos os alunos um momento único e especial, único pelo facto de esta viagem ter como destino um país cuja língua não é o português, no entanto esta adversidade não se fez sentir visto que a língua portuguesa continuava a dominar entre nós. Foi também uma experiência especial, os laços que se foram criando, o descobrir o desconhecido, a convivência e o contacto com pessoas residentes em Bruxelas, representam fatores que contribuíram para a criação de um momento memorável nas nossas vidas enquanto cidadãos.” Rafael Moreira - 11PTC

(clicar na imagem em baixo para visualizar todas as fotos)

quinta-feira, 16 de junho de 2016

João H. Teixeira, ex-aluno da ESA, distinguido com o Prémio Artístico Mateus A. Araújo dos Anjos/2016

 O Conselho de Administração da Fundação Dionísio Pinheiro e Alice Cardoso Pinheiro deliberou que o "Prémio Artístico Mateus A. Araújo dos Anjos / 2016" será atribuído a João Hildeberto Silva Teixeira, aluno da licenciatura de Arte e Design, da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Coimbra.
 Este prémio anual destina-se a jovem ou jovens que no decorrer do corrente ano tenham mostrado um comportamento, uma dinâmica e uma criatividade, dentro de valores de Urbanidade, de excelência e no encontro à Fundação Dionísio Pinheiro e Alice Cardoso Pinheiro.
 O reconhecimento do trabalho do aluno inscreve-se no âmbito do estágio integrado na unidade curricular de Projecto de Arte e Design, lecionada pelos docentes Bartolomeu Paiva e Chuva Vasco.

in http://www.esec.pt/noticia.php?id=907

Muitos parabéns, João Teixeira!

quarta-feira, 8 de junho de 2016

Festa de Finalistas 2016


 No passado dia 28 de maio festejámos com os Finalistas de 2016 o momento da “despedida” da sua passagem pela Escola Secundária/3 de Amarante.
 Saudade e muito orgulho na caminhada realizada com os “nossos meninos” foram sentimentos refletidos na festa das emoções…
 São Pedro deitou uma mãozinha e, mais uma vez, apesar da hora avançada, a Igreja de São Gonçalo encheu-se de luz, cor, alegria e muito calor humano. A presença dos pais, foi primordial. A dos Ex.mos alunos, especial. A dos professores, essencial…
Igreja de São Gonçalo cheia de vida… Alunos, familiares, amigos e curiosos.

Turma de 12º PTC durante a cerimónia eucarística.

Depois a festa... A alegria... A diversão...
Animação… Muita animação…

Sr. Diretor e Presidente da Associação de Estudantes no tradicional corte do bolo de finalistas.

Gostaria de aproveitar a ocasião para agradecer: 
- a todos os finalistas pela atitude responsável na sua participação; 
- às Professoras Jacinta Barros e Jesuína Magalhães pela sua bem elaborada e criativa decoração do espaço onde decorreu o jantar; 
- à professora Olga Amor pela sua disponibilidade e participação; 
- aos alunos finalistas pelo seu empenho na decoração das mesas, destacando, sem desprezo dos restantes, as meninas Inês Gonçalves e Ana Maria Silva, do 12º CT2, e a Inês Alexandra, do 12º CT3, as quais, desde cedo, estiveram presentes e empenhadas em abrilhantar a sua festa; 
- à professora Sandra Santos, em nome do grupo disciplinar E.M.R.C., pela preparação da cerimónia eucarística; 
- a todos os professores que nos honraram com a sua presença; 
- às auxiliares Rosa e Hermínia pelas longas horas de labuta que dedicaram à festa, zelando e garantindo que tudo corresse bem. 
Aos finalistas que agora terminam o seu “projeto de escola” e vão iniciar um “projeto de vida”, quero dizer: empenhem-se na concretização dos vossos sonhos e ambições. 
Procurem sempre, com elevação e humildade, a verdade da vida. 
Superem-se e sejam felizes!!! 

Professor Marco Matos

terça-feira, 7 de junho de 2016

Visita de Estudo do 11º CT4 aos Departamentos de Biologia e Geociências da Universidade de Aveiro

 No passado dia 2 de junho os alunos do 11º CT4 tiveram a grande oportunidade de visitar as instalações dos Departamentos de Biologia e Geociências da Universidade de Aveiro (UA). Nessa visita puderam mobilizar os conhecimentos adquiridos na disciplina de Biologia e a Geologia ao longo do biénio 2014/15 e 2015/16, conhecer algumas das licenciaturas e projetos da UA, contactar com o meio universitário e assistir a demonstrações de atividades que se realizam na UA no âmbito de diferentes licenciaturas. 
 A visita superou todas as expetativas dos alunos e dos professores acompanhantes (Lurdes Monteiro e António Amorim) graças, essencialmente, ao excelente acolhimento e à grande disponibilidade por parte dos professores da UA.
 Os alunos e os professores deixam, em jeito de agradecimento, um muito OBRIGADO em especial aos professores da UA, Dra. Salomé Almeida, Dra. Lísia Lopes, Dr. Victor Bandeira e Prof. Jorge Medina, que tornaram possível este dia muito especial.
Chegada ao campos da UA (onde fomos “largados” pelo autocarro).

Laboratório de Biologia (pálida imagem dos nossos, ah! ah! ah!).

Exemplar preservado no herbário da UA de Laurus nobilis (Loureiro).

Os SIC’s (Serviços de investigação criminal) da Unidade de Vida Selvagem da UA. (A quem pertencem aquelas hastes?! Não confundir com outras saliências começadas por C.)

Chegada ao “restaurante” (para alívio de muitos que estavam esganados de fome!)

A comida é boa, não era?!

Professor que é professor também come bem.

E depois de um lauto (farto para quem não sabe) almoço, nada melhor, para fazer a digestão, que um passeio na ponte pedonal por cima do sapal.

Laboratório de Geologia (que grande confusão e que messe, segundo a simpática professora que nos recebeu neste espaço).

Belo exemplar de calcite presente no átrio do Departamento de Geociências que, segundo um professor da UA, é onde obrigam a sentar durante algumas horas os alunos que se portam mal e/ou são muito cábulas.

E por fim, em jeito de despedida, a fotografia da praxe. O grupo muito bem acompanhado pelo Prof. Jorge Medina. É de salientar que o registo só foi possível graças ao professor Amorim que, neste caso, foi o fotógrafo de serviço.